Sondagens e Ensaios Geotécnicos

Sondagens e ensaios geotécnicos em terra.> Sondagens Geotécnicas em Terra

A Geodrill dispõe de todos os equipamentos necessários para execução dos mais diversos tipos de sondagem e ensaios geotécnicos em terra, a saber:

Ensaio SPT - Standard Penetration Test

O ensaio SPT normatizado no Brasil pela NBR 6484/2001 é, reconhecidamente, a mais popular, rotineira e econômica ferramenta de investigação geotécnica em praticamente todo o mundo. Métodos rotineiros de projeto de fundações diretas e profundas usam sistematicamente os resultados do ensaio SPT, especialmente no Brasil.

O ensaio SPT constitui-se em medir a resistência a cravação no solo de um amostrador padrão conjugado a uma sondagem de simples reconhecimento. A perfuração é obtida por tradagem e circulação de água, utilizando-se um trépano de lavagem como ferramenta de escavação. Amostras representativas do solo são coletadas a cada metro de profundidade por meio do amostrador padrão que tem diâmetro externo de 50mm. Com as amostras coletadas é possível obter indicativo da densidade dos solos granulares (areias etc) e também na identificação da consistência de solos coesivos (argilas, siltes etc).

Procedimento do ensaio SPT:

O ensaio consiste na cravação do amostrador padrão posicionado no fundo da perfuração (revestida ou não) e na profundidade de ensaio, usando-se um peso (martelo) de 65kg em queda livre de uma altura de 75cm. Inicialmente coloca-se cuidadosamente o martelo sobre a cabeça de bater conectada à composição de hastes e mede-se a penetração da composição decorrente do peso próprio do martelo e, caso ela seja representativa, anota-se a penetração no boletim de ensaio e, caso não ocorra penetração, marca-se na composição de hastes três segmentos de 15cm e na medida que se faz a cravação conta-se o número de golpes para cravar cada segmento de 15cm. O número de golpes Nspt utilizado nos projetos de engenharia é a soma dos valores correspondentes aos últimos 30cm de penetração do amostrador.

Ensaio SPT-T

A associação do torque com a sondagem de simples reconhecimento com ensaio SPT é denominada SPT-T. O torque é aplicado na parte superior da composição da haste, de modo a rotacionar o amostrador previamente cravado no terreno para o ensaio SPT. Essa medida, obtida com auxílio de torquímetro, tem como objetivo principal fornecer um dado adicional à resistência à penetração e sua interpretração permite determinar o atrito ou adesão amostrador – solo que pode ser útil na determinação das características físicas do perfil do subsolo.

Em Breve.

Em Breve.

Em Breve.

Em Breve.

A Geodrill coleta amostras indeformadas conforme recomendações da norma onde se procura não perturbar o solo e obter-se uma amostra que mantenha os parâmetros que o material apresenta em seu estado natural.

A coleta de amostras indeformadas de solos de baixa consistência são executadas com a cravação suave de amostradores de latão de parede delgada tipo Shelby ou Osterberg e em solos rijos a duros com amostradores Denison onde se utiliza a sonda rotativa para uma ação combinada de cravação e rotação

As amostras, assim que coletadas, são parafinadas nas extremidades para não perder umidade e enviadas para análise em laboratórios de Solo devidamente embaladas contra choque e vibração e transportadas na vertical.

  • CPTU (Ensaios de Cone e Piezocone)
  • Vane Test
  • Permeabilidade em Solo e Rocha
  • Ensaio de Perda D'água
  • Medidor de Nível D'água
  • Piezômetro
  • Inclinômetro
  • Bench Mark

TOP